Atividade do Flight Levels: Visualizar a situação

Este é o segundo artigo de uma série sobre Flight Levels. Se você ainda não leu o primeiro, vale a pena acessar para saber mais sobre o que é Flight Levels e suas 5 atividades.

Como falamos no artigo anterior, Flight Levels tem cinco atividades essenciais que devem ser realizadas em todos os três níveis de vôo:

  • Visualize a situação
  • Crie foco
  • Estabeleça Interações Ágeis
  • Meça o progresso
  • Opere e melhore

Neste texto, vamos falar sobre a atividade Visualizar a situação.

Visualizar a situação não é…

Se você ouviu alguém falando que visualizar a situação é fazer um Assessment, essa pessoa se equivocou em uma dessas opções: o uso do termo assessment ou o que foi feito na atividade.

A tradução de assessment, segundo o dicionário Oxford, é “avaliação”. Segundo o dicionário Aurélio, o principal significado de Avaliação é “Ato ou efeito de avaliar(-se)”, onde o verbo Avaliar significa: “Determinar a valia ou o valor de; Fazer ideia de; Supor”.

Apesar desses significados, muitas pessoas confundem visualizar a situação com assessment. Visualizar a situação não é levantar hipótese, supor ideias e itens, e avaliar as pessoas e/ou processos.

Visualizar a situação é uma atividade de observação

flight levels - visualizar observação

Sim, observação, assim como os ornitologistas que utilizam da técnica da observação com os pássaros para aprender como eles vivem, onde e como se comportam, como é a realidade deles, e documentam esses aprendizados.

Para realmente conseguirmos observar, precisamos, antes de mais nada, parar. Silenciar nosso julgamento e observar como as coisas realmente são, como nossa empresa funciona. Sem olhar os documentos, fluxogramas, livro de regras e organograma.

Precisamos focar em como realmente a empresa opera antes de reconstruir a estrutura organizacional.

Aquietar os pensamentos para não começar a trazer soluções para os “problemas” que você começa a ver. Esse será o seu principal desafio, pois nós temos a tendência de sempre julgar os comportamentos/processos dos outros.

De acordo Richard Bandler e John Grinder, quando observamos/lemos/ouvimos nós coletamos informações e as processamos de acordo com nossos filtros mentais.

Esses filtros são nossas experiências/metaprogramas, valores e crenças, gerando assim, os pensamentos, sentimentos e comportamentos.

Entender esse processo interno nos ajuda a controlar nosso julgamento no momento da observação. E ao contrário do ornitólogo que não consegue perguntar aos pássaros, nós podemos e devemos fazer perguntas para as pessoas. Sempre com o intuito de entender como são as coisas, deixando de lado nosso julgamento sobre a resposta.

Conseguiremos com isso visualizar a situação como ela é. Quando não julgamos como ela deveria ser, temos uma compreensão profunda de como a empresa verdadeiramente se operacionaliza.

Isso quer dizer como realmente a empresa opera!

Compreender isso e tangibilizar esse aprendizado é essencial para melhorar seu conhecimento, compreensão e discernimento. Assim, utilizar técnicas de visualização é uma prática mais do que recomendada, isto é, registrar de maneira visual os aprendizados de como a empresa é, e não o que ela deveria ser na sua opinião.

Dentro da Arquitetura de Sistema do Flight Levels (Flight Levels System Architecture) utilizamos a topologia para registrar o resultado desta observação. Isso nos ajuda a entender pontos essenciais, como e onde os Flight Levels estão e funcionam dentro da empresa.

Somente após isso é que, de maneira eficaz e eficiente, podemos criar o foco necessário de onde e o que na organização será necessário mudar. A topologia nos ajuda a entender verdadeiramente como a empresa opera e não como ela se organiza.

Quando compreendemos como a organização se operacionaliza temos uma maior clareza dos caminhos pelos quais nossos itens de trabalho fluem, as dependências, interdependências que ali existem e como as pessoas envolvidas verdadeiramente se comunicam.

Com isso, podemos tomar decisões mais estratégicas, e criar o foco necessário para buscar os resultados esperados!

Nos próximos artigos desta série especial, falaremos sobre as outras atividades do Flight Levels. Acompanhe!

Continue sua jornada de aprendizado em Flight Levels

Quer vivenciar de verdade o Flight Levels e aprender profundamente como criar a arquitetura e aplicar suas 5 atividades? Participe do treinamento Flight Levels System Architecture (FLSA)!

Também indico o episódio 5 do podcast da K21, onde eu, Lula e Marcos Garrido, outros dois experts no assunto, falamos sobre Flight Levels e Business Agility:

Autor(es)

Jose Jr

Agile Expert e Trainer na Knowledge21, Jose JR atua há mais de 18 anos no mercado de Tecnologia. Com uma longa experiência em Transformação Digital através do TrueAgile em grandes empresas, tanto nacionais como internacionais, já atuou ativamente como agente de transformação em div...

Comentários

Deixar um comentário