Aprovação ou Feedback?

A reunião de Sprint Review começa. Time de Desenvolvimento e Product Owner apresentam para o cliente o que fizeram nesse Sprint. O cliente observa, mas pouco fala, exceto por algumas poucas perguntas básicas. Ao final, aprova (e até mesmo aplaude) e se despede.

Todos pensam: “ufa! A reunião foi um sucesso”. Mas será que foi mesmo? Na realidade, acredito que esse seja um dos piores cenários possíveis para uma Sprint Review. Pior que isso, talvez, só se o cliente não estiver presente.

Será que esse cliente entendeu o que lhe foi demonstrado? Será que ele realmente se importou com o que estava vendo? Ele certamente irá se importar no futuro, possivelmente quando utilizar o software e notar que não atende bem às suas necessidades.

O propósito da reunião de Sprint Review não é o de se obter a aprovação formal do cliente sobre o que foi feito no Sprint, ou seja, polegar para cima ou carimbo de “aceito” no contrato. Não é UAT (User Acceptance Testing) tampouco. O objetivo dessa reunião é de se obter feedback do cliente sobre o Incremento do Produto gerado no Sprint e, com isso, poder frequentemente fazer ajustes de direção e, assim, diminuir os riscos do projeto. É trabalho – e obrigação – do Time de Desenvolvimento e do Product Owner puxarem o feedback do cliente. Convidá-lo a usar o produto ali mesmo. Instigar. Fazer perguntas. Mostrar alternativas.

Aprovação ou Feedback?

Seu time busca aprovação ou feedback ao realizar uma demo para o cliente?

O cliente achou que algo não estava exatamente como ele queria? Ótimo! Deixemos a postura defensiva de lado. Não tenhamos medo. Nós não fizemos besteira. Não estragamos tudo. Na realidade, já esperávamos por isso. Faremos de tudo para acertar, claro, mas não sabemos ler a mente de ninguém. E, mesmo que soubéssemos, isso não adiantaria muito pois o cliente só irá saber exatamente o que ele precisa após ver algo pronto. O produto, na cabeça do cliente, é construído aos poucos, incrementalmente.

Mesmo quando der tudo errado e o cliente entender que tudo o que foi feito no Sprint não serve pra nada, pelo menos obteremos esse feedback antes de gastarmos meses trabalhando naquilo. Gestão de riscos pura, não?

Ou seja, o espírito da Sprint Review não é:

“Cliente, o que fizemos está aprovado?”

Mas talvez algo assim:

“Cliente, agora que você está tendo a oportunidade de ver funcionando (e experimentar!) esse Incremento do Produto que fizemos para você nesse Sprint, o que podemos modificar ou adicionar a ele para melhor atender às suas necessidades?”

Autor(es)

Rafael Sabbagh
Rafael Sabbagh
Rafael Sabbagh, co-fundador da Knowledge21 e membro do Board de Diretores da Scrum Alliance entre 2015 e 2017, é Certified Scrum Trainer (CST) pela Scrum Alliance e também Accredited Kanban Trainer (AKT) pela Kanban Univesity. Atuando como Executivo, possui uma vasta experiência em Transformação Digital e Gestão de Produtos. Ao longo da sua carreira, já treinou milhares de Scrum Masters, Product Owners e Membros de Time em mais de 15 países na Europa, América e Ásia.

Comentários

3 Comentários

  1. […] visibility on the progress of the work and, above all, to collect their feedback (see “Approval or Feedback?“). But then, why would the team wait for the client to show up at the end and say that […]

  2. […] sobre o andamento do trabalho e principalmente coletar seu feedback (veja no nosso post “Aprovação ou Feedback?”). Assim, que sentido tem esperar o cliente aparecer para na frente dele dizer que algo não […]

Deixar um comentário